terça-feira, 10 de maio de 2011

III. DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE


Define-se por Desenvolvimento Sustentável um modelo econômico, político, social, cultural e ambiental equilibrado, que satisfaça as necessidades das gerações atuais, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer suas próprias necessidades. Esta concepção começa a se formar e difundir junto com o questionamento do estilo de desenvolvimento adotado, quando se constata que este é ecologicamente predatório na utilização dos recursos naturais, socialmente perverso com geração de pobreza e extrema desigualdade social, politicamente injusto com concentração e abuso de poder, culturalmente alienado em relação aos seus próprios valores e eticamente censurável no respeito aos direitos humanos e aos das demais espécies.
O conceito de sustentabilidade comporta sete aspectos principais, a saber:
  • Sustentabilidade Social - melhoria da qualidade de vida da população, eqüidade na distribuição de renda e de diminuição das diferenças sociais, com participação e organização popular;
  • Sustentabilidade Econômica - públicos e privados, regularização do fluxo desses investimentos, compatibilidade entre padrões de produção e consumo, equilíbrio de balanço de pagamento, acesso à ciência e tecnologia;
  • Sustentabilidade Ecológica - o uso dos recursos naturais deve minimizar danos aos sistemas de sustentação da vida: redução dos resíduos tóxicos e da poluição, reciclagem de materiais e energia, conservação, tecnologias limpas e de maior eficiência e regras para uma adequada proteção ambiental;
  • Sustentabilidade Cultural - respeito aos diferentes valores entre os povos e incentivo a processos de mudança que acolham as especificidades locais;
  • Sustentabilidade Espacial - equilíbrio entre o rural e o urbano, equilíbrio de migrações, desconcentração das metrópoles, adoção de práticas agrícolas mais inteligentes e não agressivas à saúde e ao ambiente, manejo sustentado das florestas e industrialização descentralizada;
  • Sustentabilidade Política - no caso do Brasil, a evolução da democracia representativa para sistemas descentralizados e participativos, construção de espaços públicos comunitários, maior autonomia dos governos locais e descentralização da gestão de recursos;
  • Sustentabilidade Ambiental - conservação geográfica, equilíbrio de ecossistemas, erradicação da pobreza e da exclusão, respeito aos direitos humanos e integração social. Abarca todas as dimensões anteriores através de processos complexos.

Define-se por Desenvolvimento Sustentável um modelo econômico, político, social, cultural e ambiental equilibrado, que satisfaça as necessidades das gerações atuais, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer suas próprias necessidades. Esta concepção começa a se formar e difundir junto com o questionamento do estilo de desenvolvimento adotado, quando se constata que este é ecologicamente predatório na utilização dos recursos naturais, socialmente perverso com geração de pobreza e extrema desigualdade social, politicamente injusto com concentração e abuso de poder, culturalmente alienado em relação aos seus próprios valores e eticamente censurável no respeito aos direitos humanos e aos das demais espécies.

14 comentários:

  1. Com a revisão do Código Florestal prestes a ser votado na Câmara dos Deputados, vários setores se mobilizando cada vez mais e mais, conotando as questões ambientais o valor e o real peso das nossas escolhas hoje, em relação a produção, a biodiversidade, a conservação, a consolidação e a expansão de novas áreas para o tão sonhado desenvolvimento das atividades agropecuárias, de turismo e lazer, da sobrevivência do ser humano. Vivemos em um dos vários ‘Brasis’ e como não poderia ser melhor, na Amazônia, quista por todos, devido sua importância ambiental, ...
    Desenvolvimento Sustentável nos dias de hoje, nada mais me faz lembrar ou relembrar das velhas e boas praticas de produção em que nossos ancestrais praticavam, respeitando as beiras de rios, as encostas dos morros, os rios, até as ‘pragas’, espantando-as justamente com plantas e até com outras ‘pragas’, eram praticas tão simples que no auge dos meus 5, 6 anos era possível entende-las e ate adota-las nas brincadeiras de infância. Um dos grandes desafios do desenvolvimento sustentável será o de concretizar a sócio economia para todos, ricos e pobres, urbano e rural.

    ResponderExcluir
  2. Marialva da Conceição Araújo16 de maio de 2011 13:07

    Estamos distante da realidade referente ao Desenvolvimento Sustentável, mas prefiro ser otimista e crer que estamos caminhando para a obtenção de uma adequada qualidade de vida. Me emocionou esses dias, quando uma criança de apenas cinco anos, me orientou como tomar as devidas providências contra o mosquito da dengue. Parabéns a essa escola que proporciona às crianças a Educação Ambiental.

    ResponderExcluir
  3. Mudar o código florestal é afirmar a destruição do planeta e aceitar que o poder econômico recaia de maneira destrutiva sob os valores naturais dados por Deus, se aceitarmos isto, então, renunciaremos à luta pela vida, enquanto os que mutilam a terra vangloriam-se de uma vitória injusta e cruel, onde os "vencedores", os que seguram a caneta, carregam os seus troféus na algibeira, e nós, se aceitarmos sem lutar, estaremos vencidos, observaremos então chegar os dias finais da terra.

    ResponderExcluir
  4. Acho uma utopia querer encontrar, e um pais emergente, uma atividade que possua sustentabiliddade social, econômica, ecológica, cultural, espacial e política. Basta observar que alguns desses aspectos são inversamente compativeis. A maturidade desses temas, são problemas que deverão ainda serem solucionados, pois em um país continental como o Brasil, essas quenstões não são discutidas do dia para a noite. Portanto, alguns desses aspectos poderão ser suprimidos das discursões, para podemos chegar a um patamar de crescimento que satisfaça a necessidades atuais sem comprometer as gerações futuras.

    ResponderExcluir
  5. É uma pena saber que um pais tao abençoado como o nosso que tem toda a capacidade de melhorar a sua relaçao com a natureza, trazendo mais qualidade de vida para todos, esteja longe da realidade do que realmente é desenvolvimento sustentavel.

    ResponderExcluir
  6. Nadir de Almeida Matos20 de maio de 2011 07:27

    Satisfazer as necessidades dos seres humanos e das espécies é utilizar os recursos naturais de forma ecologicamente correta, conscientizar a polução mundial e respeitar os limites da natureza.

    ResponderExcluir
  7. Nosso Brasil está longe da realidade do que realmente é desenvolvimento sustentavel.

    ResponderExcluir
  8. Bárbara B B S Nogueira23 de maio de 2011 07:01

    Desenvolvimento Sustentavel, o que na prática isso significa? Pois na teoria está na ponta da lingua.
    Um pais nunca conseguirar se desenvolver completamente sustentavelmente, a penas em parte, pois existem coisas essenciais onde o desenvolvimento sustentavel não se adapta.

    ResponderExcluir
  9. Desenvolvimento Sustentável é uma utopia, no Brasil, uns plantam arvores, preservam os rios, dizem que é desenvolvimento sustentável, mais esquecem o social, educação, trabalho, saúde, segurança, economia, para se conseguir o desenvolvimento sustentavel muitos pagam o preço de poucos, e nunca mais o ambiente vai ser o mesmo.

    ResponderExcluir
  10. Desenvolvimento sustentável, é para poucos e inteligentes, com a visão de renda rápida, os pecuaristas, agricultores, donos de fábricas, nunca irão concordar em deixar de poluir.

    ResponderExcluir
  11. Pois este texto me faz lembrar aquela música do Beto Guedes que diz assim:

    Anda!
    Quero te dizer nenhum segredo
    Falo nesse chão, da nossa casa
    Bem que tá na hora de arrumar...

    Tempo!
    Quero viver mais duzentos anos
    Quero não ferir meu semelhante
    Nem por isso quero me ferir

    Vamos precisar de todo mundo
    Prá banir do mundo a opressão
    Para construir a vida nova
    Vamos precisar de muito amor
    A felicidade mora ao lado
    E quem não é tolo pode ver...

    A paz na Terra, amor
    O pé na terra
    A paz na Terra, amor
    O sal da...

    Terra!
    És o mais bonito dos planetas
    Tão te maltratando por dinheiro
    Tu que és a nave nossa irmã

    Canta!
    Leva tua vida em harmonia
    E nos alimenta com seus frutos
    Tu que és do homem, a maçã...

    Vamos precisar de todo mundo
    Um mais um é sempre mais que dois
    Prá melhor juntar as nossas forças
    É só repartir melhor o pão
    Recriar o paraíso agora
    Para merecer quem vem depois...

    Deixa nascer, o amor
    Deixa fluir, o amor
    Deixa crescer, o amor
    Deixa viver, o amor
    O sal da terra

    Igor.

    ResponderExcluir
  12. Inaê da Rocha Pereira Loureiro27 de maio de 2011 06:42

    Sem dúvida o desenvolvimento sustentável é a saída para resolver boa parte dos problemas ambientais, pois com a consciência do dever de preservação, podem ser buscadas alternativas para a produção de bens e serviços sem prejudicar o meio ambiente.

    ResponderExcluir
  13. Sean da Silva Pereira Loureiro27 de maio de 2011 06:47

    O desenvolvimento sustentável tem diversas vertentes como mostra o texto postado. Realmente investir nessa alternativa é algo viável tanto para o progresso quanto para a preservação ambiental. Dessa maneira, ressalta-se que o desenvolvimento sustentável pode ser considerado uma das maneiras mais eficazes de solucionar as questões ambientais, como efeito estufa, aquecimento global, ou seja, esse tipo de desenvolvimento aguça o “pensar” ambiental.

    ResponderExcluir
  14. É importante encontrar o equilibrio entre desenvolvimento de sutentabilidae ambiental.

    ResponderExcluir